sexta-feira, 18 de julho de 2008

Brasil

"que preto branco índio o quê?
branco índio preto o quê?
índio preto branco o quê?

aqui somos mestiços mulatos
cafuzos pardos mamelucos sararás
crilouros guaranisseis e judárabes

orientupis orientupis
ameriquítalos luso nipo caboclos
orientupis orientupis
iberibárbaros indo ciganagôs

somos o que somos
inclassificáveis"

[Arnaldo Antunes - Inclassificáveis]

3 comentários:

:=x disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ronaldo disse...

Adorei o poema, apesar de não gostar mto do autor..
Me lembrou um fabuloso livro, o qual lhe recomendo: '' Casa grande e senzala'' do Gilberto Freire.

:=x disse...
Este comentário foi removido pelo autor.